Artigos

Qual é o seu Foco?

Qual é o seu Foco?

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

No desejo de sair de nossa zona de conforto em busca de nossos objetivos, descobrimos que existem duas formas de encarar o processo que nos levará ao que almejamos. Uma delas é o Foco na Possibilidade e a outra é o Foco na Dificuldade.

Foco na Possibilidade

Foco na Possibilidade é quando optamos por assumir estímulos motivacionais que nos levam para onde queremos, ou pelo menos nos indicam o caminho. Este foco está diretamente relacionado ao PRAZER.

Recorrendo a modelos de sucesso (pessoas que já conseguiram realizar o que sonhamos), procuramos o incentivo que nos animará a seguir em frente, vencendo todos os obstáculos.

A adoção de uma metodologia motivacional é muito utilizada em Mentoring, em Coaching e em Programação Neurolinguística (PNL). É o sistema de incentivo "Se eu consegui, você também consegue".

O Foco na Possibilidade não é recomendado para pessoas que custam a dar o primeiro passo; para aquelas que não são desbravadoras e geralmente têm medo de se arriscar ou estão por muito tempo em uma zona de conforto e não sabem como sair dela. Para estes casos um programa motivacional geralmente contribui no início, mas não é o suficiente. A tendência é a desistência e a frustração.

Este foco é recomendado para indivíduos que já tiveram, em algum momento de suas vidas, a chance de provar que são capazes e, por algum motivo, vivenciaram uma derrota e estão precisando de estímulos para se reerguer.

O risco deste foco é o indivíduo se iludir demais com as chances em um contexto com pouca possibilidade de realização.

Foco na Dificuldade

O fator motivador do Foco na Dificuldade é o desconforto e o desprazer constante que sente o indivíduo e que o leva a procurar uma solução.

Tenho percebido que este caminho é adotado por indivíduos que primam por falta de iniciativa, ou seja, não sabem dar o primeiro passo.

Como este foco está diretamente relacionado à DOR, a ponderação é muito presente durante o processo de descoberta das habilidades e competências que contribuirão para levar os indivíduos que o adotam a um nível mais elevado.

A vantagem da dificuldade está na solidariedade, pois como nós passamos por diversos obstáculos, nos tornamos mais sensíveis às dificuldades do outro, do nosso próximo. E isso é altamente positivo pois cria uma rede de mútua-ajuda que permite o deslanchar das pessoas.

Este caminho é recomendado para quem assume uma postura rígida de "eu nasci assim, vou morrer assim" ou "o meu destino já está traçado".

O risco encontra-se no fatalismo e no vitimismo, o que ocasiona na desistência antes do tempo.

Qual dos dois focos escolher?

Use seu raciocínio para encontrar o que é bom em cada ponto de vista.

Quando alguém alcança um resultado, a única coisa que está provando é que algo não é impossível. Mas precisamos entender que há uma grande diferença entre perceber que tal situação não é impossível e determinar que qualquer pessoa também consegue, já que alguém conseguiu. Por um raciocínio lógico concluímos que não há garantias na citação: "Se eu consegui, você também consegue". Isso não passa de um modo simplista de enxergar a situação, que pode se encaixar em dois parâmetros: o individual e o contextual.

Como aproveitar o máximo do Foco da Possibilidade?

É claro que é sempre bom termos um exemplo, uma referência de alguém que conseguiu realizar determinada proeza, mas não há garantias de que a partir daí todos conseguirão. Devemos lembrar que uma pessoa, ao conseguir, contou a seu favor com vários fatores, internos e externos, que não necessariamente permanecem acessíveis e plausíveis.

Mas isso não pode ser motivo para esmorecermos em nossa caminhada. O fato de saber que alguém já conseguiu o que queremos, contribui para que saibamos que há uma saída, há uma solução e ela já foi alcançada. Resta-nos encontrar agora o jeito ideal que nos permitirá também repetir a proeza, mesmo que tenhamos que fazer experiências diferentes e contar com fatores distintos ao que o pioneiro contou.

Aproveite o aprendizado disponível. O exemplo deve ser lição e motivação. Porém, nunca se esqueça de que as pessoas são diferentes e os contextos também.

Faça uma pesquisa dos elementos que você pode usar a seu favor para alcançar seus objetivos. Separe-os em internos e externos. Veja o que depende só de você e o que não. Responda às perguntas: O que fazer? Como fazer? Onde fazer? Com quem fazer? e Por que fazer? A partir das respostas, você poderá traçar um plano de ação que lhe ajudará a encontrar a forma ideal e particular para também encontrar a solução para seus problemas ou atingir os resultados esperados.

Uma lição muito importante

Uma lição muito importante é: Nunca deixe de ser você mesmo.

Você é uma pessoa única, autêntica, "sui generis". Ninguém possui suas habilidades e competências e, principalmente, sua bagagem, seja acadêmica, profissional ou pessoal. Suas experiências dão a você uma visão peculiar e própria do mundo e isso pode ser toda a diferença que permitirá a você chegar onde você quer ir.

Valorize sua autenticidade e não queira replicar a vida de outra pessoa. Tenha-a apenas como modelo motivacional, mas viva sua própria vida, trace seu próprio caminho.

Nelson Rodrigues já dizia que a "unanimidade é burra", porque quem pensa com a multidão não precisa pensar e, consequentemente, não tem uma identidade, é apenas mais um na multidão.

Seja diferente. Seja você. Pense.

Tenha distinção entre quem você é e aquela referência que você resolve adotar, o modelo de pessoa de sucesso que inspira você.

O sucesso é subjetivo

Sucesso é aquilo que cada um define para si.

Uns consideram o sucesso como ter muito dinheiro, carro importado, mansão espetacular, avião particular e uma lancha no pier. Outros encaram o sucesso como ter paz de espírito, não ter dívidas, morar em uma casinha confortável, estar com quem gosta e ter boa saúde. Existem ainda outros modelos não listados aqui.

Para você encontrar o seu modelo ideal de sucesso, considere seus valores, seus princípios e sua individualidade.

Como aproveitar o máximo do Foco da Dificuldade?

Como foi dito, este caminho é capaz de gerar uma rede de mútua-ajuda e aí está a grande vantagem que deve ser aproveitada. Pessoas que se unem por uma identificação podem se tornar mais fortes e contar com o apoio conjunto para diminuir os riscos de insucesso.

Assuma uma postura de humildade e revele seu problema ao grupo e ao mesmo tempo observe os companheiros de caminhada. Ouça atentamente os depoimentos daqueles que já atingiram níveis maiores e que já estão a mais tempo perseverando. Isso trará a você motivação para seguir em frente. Mas o serviço, o disponibilizar-se aos outros será uma grande força motivacional, pois lhe imprimirá compromisso.


Seja qual for o seu foco, o importante é você acordar para a vida e descobrir o que deseja. Nossa vida tem mais valor quando temos um propósito, uma missão e uma visão. Você já pensou quais seriam os seus? Eu já descobri os meus.

Após a leitura desse texto, se você achar que precisa de algum apoio, entre em contato conosco do projeto Vencer Agora. Não fique sozinho. Recorrendo a um jargão para concluir o meu pensamente, digo: "a união faz a força".

E veja abaixo o vídeo que me inspirou para escrever este artigo. Você conseguiria também responder a pergunta lançada no vídeo? Qual seria a sua resposta? Qual é o seu maior desejo?

Se desejar, deixe seu comentário abaixo.

Até a próxima.

Aldo Marques

Olá! Eu sou Aldo Marques. Escritor, palestrante, criador do Programa de Superação de Limites Vencer Agora® e autor da maioria dos artigos deste site. Sou Life Coach, especializado em desenvolvimento pessoal com ênfase em espiritualidade e Analista Comportamental habilitado para a ferramenta DISC Assessment pela Sociedade Latino Americana de Coaching - SLAC, com Professional Coach Certification pela International Association of Coaching Institute. Minha paixão é ajudar pessoas a serem melhores.

Buscar

Assine nossas Newsletters

Últimos Artigos

10 Março 2016
28 Agosto 2015
06 Julho 2015
© 2015-2018 Vencer Agora. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Aldo Marques.

Buscar