Artigos

Cérebro burro

Seu cérebro é burro. Sabia?

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Pode parecer estranho mas foi esta a conclusão que cheguei em minhas reflexões e estudos. Nosso cérebro é burro. Totalmente burro. Nada ele pode fazer se não for ordenado. Ele não é inteligente nem criativo. Ele é totalmente passivo, à espera de estímulos que o orientem a fazer o que ele tem a fazer... e o faz bem, muito bem, por sinal.

O nosso cérebro obedece ordens. Nossas ordens... sejam elas inconscientes ou não. Por isso, alguns gurus da neurolinguística (PNL) dizem que precisamos nos convencer diariamente do que precisamos e queremos e, por autossugestão, devemos informar ao nosso cérebro o que desejamos para que ele aja de acordo. E ele obedece cegamente.

Você pode achar tudo isso estranho à primeira vista, mas é a pura verdade.

Napoleon Hill dedica um capítulo inteiro do seu livro Quem Pensa Enriquece para falar de autossugestão (como influenciar o subconciente e alcançar o desejado).

Nós não nascemos preparados

Nascer preparadoDiferente de muitos outros animais, o homem não nasce preparado para a vida. Em sua infância ele é totalmente dependente e indefeso. Se não são seus pais a cuidarem dele, alimentando-o, limpando-o, carregando-o etc., ele estará fadado à morte imediata logo após seu nascimento. Vários animais já nascem correndo, espertos, fugindo dos predadores, alimentando-se sozinhos, cuidando de sua sobrevivência. O homem não.

Aos poucos nosso cérebro vai assimilando informações que contribuem para o nosso desenvolvimento. Assim, como esta operação é altamente necessária e positiva, existe também o lado negativo desse processo. Da mesma forma que nosso cérebro se enche de dados que nos permitem evoluir, ele também se contamina com informações negativas que atravacam nosso livre e completo crescimento. São nossos medos e paradigmas.

Quando criança ouvimos de nossos educadores que não devemos atravessar a rua sozinhos, que não podemos colocar o dedo na tomada, que temos que tomar cuidado ao descer em uma escada, que não é recomendável que falemos com estranhos... e a ladainha dos "nãos" que recebemos continua, assustando-nos e forjando nossa personalidade acovardada.

Crescidos, não entendemos por que não conseguimos enfrentar certos obstáculos. Há em nosso inconsciente um punhado de informações que nos avisam que não podemos nos colocar em perigo. Passamos a evitar certas coisas para não enfrentar riscos. 

Somos fracos mas temos medo de revelar nossa fraqueza

É incrível como nas redes sociais vemos textos maravilhosos de como a vida é bela e como somos maravilhosos e felizes e capazes. Mas na realidade tudo é bem diferente. Se analisarmos o LinkedIn, todos que estão lá merecem os melhores cargos e salários. São profissionais inovadores, proativos, determinados e de fácil relacionamento com autoridades e subordinados. Quem já se declarou fracassado em uma rede social?

Como Personal Coach, tenho atendido muitas pessoas que chegam até mim totalmente desnorteadas, sem saber nem qual passo precisam dar para serem felizes. São inteligentes, competentes em muitos assuntos, alguns falam mais de um idioma, outros têm pós-graduações, mas se encontram desestruturados pois não entendem como não conseguem deslanchar e sair de um estado atual de fracasso e medo.

Através de um elaborado processo de Coaching tenho visto florescer sorrisos e a paz de espírito em alguns corações que antes estavam amargurados e perdidos. Tudo a partir do entendimento de que o cérebro é burro e de que precisamos dar adequadas e positivas informações para ele.

Toda transformação acontece de dentro para fora

Mesmo que eu sugira a alguns dos meus Coachees (clientes de Coaching) que se vistam de acordo com a posição profissional que almejam; mesmo que eu recomende a algumas mulheres que se tornem mais vaidosas e se valorizem mais, toda transformação acontece de dentro para fora. Não o contrário.

É preciso que a mente perceba e entenda o recado que o corpo e o exterior estão dando. E isso é uma forma de autossugestão.

Diariamente, acordar e pensar em algo positivo pode parecer banal, mas provoca um grande efeito no processo de desenvolvimento pessoal. É a famosa história do pó "Pirlimpimpim" da Sininho (conhecida também por Tinker Bell). Mesmo que aplicado sobre alguém, só terá efeito quando este "pensar em uma coisa bem boa" (lembra da música do peter pan?).

Pense em uma coisa bem boa... e num instante você voa!!

Conclusão:

Se nosso cérebro é burro, para compensar nós somos criativos e podemos reverter nosso "Mindset" (configuração mental) para o jeito que queremos e precisamos. Basta que realizemos algumas operações de autossugestão e nos cerquemos de condições motivadoras. Não é fácil, mas é possível.

Tendo lido este artigo e desejando apoio para reformular sua vida e sair de uma situação que lhe desagrada, entre em contato comigo ou com minha colega Eunice Cardozo. Nosso trabalho será de apoiar você em seu processo de transformação e desenvolvimento pessoal através do autoconhecimento e descoberta dos próprios recursos, habilidades e competências que lhe permitirão chegar onde almeja.


Se este artigo foi relevante para você, deixe abaixo um comentário e compartilhe-o nas redes sociais. Para nós será muito bom conhecer sua opinião e saber que estamos no caminho certo.

Se você deseja discutir algum assunto em particular ou sugerir algum tema para que escrevamos aqui, entre em contato conosco.

Aldo Marques

Olá! Eu sou Aldo Marques. Escritor, palestrante, criador do Programa de Superação de Limites Vencer Agora® e autor da maioria dos artigos deste site. Sou Life Coach, especializado em desenvolvimento pessoal com ênfase em espiritualidade e Analista Comportamental habilitado para a ferramenta DISC Assessment pela Sociedade Latino Americana de Coaching - SLAC, com Professional Coach Certification pela International Association of Coaching Institute. Minha paixão é ajudar pessoas a serem melhores.

Buscar

Assine nossas Newsletters

Últimos Artigos

10 Março 2016
28 Agosto 2015
06 Julho 2015
© 2015-2020 Vencer Agora. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Aldo Marques.

Buscar